água para consumo humano

02 mar 2021

Análises ambientais de cianotoxinas em água para consumo humano

O aumento das atividades industriais, agricultura e lançamento indiscriminado de poluentes industriais, domésticos e emergentes estão contaminando a água para consumo humano.

Uma das principais evidências da degradação do sistema aquático pela presença de poluentes é o aumento do processo de eutrofização. A eutrofização é um processo de enriquecimento dos sistemas aquáticos pela grande quantidade de nutrientes, principalmente o nitrogênio e fósforo que favorece a propagação e florações de cianobactérias.

Além disso, a eutrofização leva a problemas como redução do oxigênio dissolvido na água e, consequentemente, a morte de peixes e de outros animais que habitam no ecossistema hídrico. Outro fator que contribui com o aumento do processo de eutrofização é o aquecimento global, uma vez que este processo acelera a eutrofização, aumentando as florações das cianobactérias.

As principais Cianobactérias no Brasil

No Brasil, as principais cianobactérias produtoras de cianotoxinas são as espécies de Microcystis que produzem a microcistina e as espécies de Raphiodiopis que produzem a saxitoxina e a cilindrospermopsina.

A presença destas cianotoxinas na água causam alteração na cor e no odor da água para consumo humano. Essas cianotoxinas presentes em águas de mananciais não são completamente removidas durante o processo de tratamento de água convencional. Tanto a microcistina quanto a saxitoxina são hidrossolúveis, termorresistentes, estáveis em pH em torno da neutralidade durante meses.

Células individuais de cianobactérias
Individual cells, BF image. Stanwick Lakes Northamptonshire, UK.. 03 Aug 2006. © C.F.Carter (chris.carter@6cvw.freeuk.com)

Contaminação com microcistina

A microcistina é uma hepatotoxina que também causa tumores. O caso mais grave de contaminação com microcistina ocorreu em 1996, em Caruaru. A água que foi utilizada para hemodiálise de pacientes renais estava contaminada com microcistina. Isto levou a intoxicação de 116 pacientes renais com 56 mortes. Por outro lado, a saxitoxina é uma neurotoxina. Ela age no sistema nervoso central, causando paralisia e até a morte.

Segundo Oliver e Ribeiro (2020) reportaram que a presença de saxitoxinas em águas de abastecimento, consumidas por gestantes com a doença da zika, aumentou o número de casos de microcefalia em bebês no nordeste do Brasil entre os anos de 2012 e 2016.

Fonte: http://cvs.saude.sp.gov.br/

Limite de concentração: Microcistina e Saxitoxina

Segundo a OMS e a Portaria de Consolidação número 5 limitam a concentração de microcistina em 1 µg/L em água para consumo humano. Já o limite da concentração de saxitoxina é 3 µg/L em água para consumo humano (WHO, 2019).

Análises Ambientais para água de consumo humano

O laboratório do Grupo EP – EP Analítica –  possui acreditação ABNT NBR ISO/IEC 17025 pela CGCRE incluindo as análises das cianotoxinas: microcistina e saxitoxinas, além das cianobactérias e clorofila a. As principais técnicas utilizadas para executar estas análises são: espectrofotometria utilizando os equipamentos espectrofotômetro e o leitor de ELISA, também, a técnica de microscopia.

Referências:

● Anexo XX da Portaria de Consolidação no. 5 do MS (2017).

● Oliver SL, Ribeiro H. Síndrome do zika vírus, carência de políticas ambientais e riscos de agravamento por proliferação de cianobactérias em um cenário de mudanças climáticas. Rev. Saúde Pública vol. 54.  São Paulo  2020.  Epub 23-Out-2020. https://doi.org/10.11606/s1518-8787.2020054002159

● Cyanobacterial toxins: Saxitoxins. Background document for development of WHO Guidelines for Drinking-water Quality and Guidelines for Safe Recreational Water Environments. Version for Public Review, Nov. 2019.

Karen F. de Oliveira Garcia – PhD – Membro da Comissão Técnica – 06 do Cgcre (Biológicas) | Coordenadora do laboratório do Grupo Analítica
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/karen-oliveira-garcia-0702983a/

Confira a página da EP Analítica e conheça mais sobre o serviço e veja mais artigos publicados no nosso blog!

Site seguro
Chat
Podemos ajudar?
Olá!
Como podemos te ajudar?